Eloá e Nayara, uma amizade para poucos

Quero tomar muito cuidado ao escrever este post, porque não quero ser mórbida, nem entrar nos méritos dos direitos da Nayara que deveriam ter sido respeitados (pelo fato de que ela não deveria ter voltado ao local do crime) de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, afinal isto é tarefa para o Conselho Tutelar.

Quero aqui apontar o quanto esta amizade era forte, novinha ou não, esta menina teve peito para voltar a correr riscos frente a um rapaz desequilibrado e armado para ficar ao lado da melhor amiga neste momento tão delicado…

Acho que em casa, ela não deve ter conseguido ficar em paz, sabendo o que estava se passando com a Eloá. Voltou ao local para tentar acalmar o ex-namorado da amiga, mas algo deve ter falado mais forte e ela subiu mais degraus do que deveria e ficou junto de sua best (como carinhosamente as amigas se chamavam…) mais algumas horas até que viesse o desfecho.

Tão junto que ela foi a única testemunha que ficou para contar a versão real desta história confusa. Duas garotas que em algumas fotos parecem mulherões, mas que na verdade não deixaram de ser meninas… E viveram a amizade verdadeira do modo mais intenso possível…

Aos 15 é muito comum ter amigas com quem você vive grudada, conta tudo, ri junto, chora junto… Mas mesmo aos 15, você voltaria por uma amiga? Ela voltou e aposto que não se arrepende, o que ela pôde fazer, fez, sua consciência está tranquila, mas seu coração não deve estar em paz.

Fotos retiradas dos orkuts pessoais das meninas

Anúncios

Meu amigo de fé, meu irmão camarada…

Às vezes damos mais atenção às coisas, à televisão, às futilidades… E esquecemos de quem sempre, em todos os momentos, nos estendem a mão, nos alegram, esquecem rapidamente uma briga conosco, sempre estão felizes com a nossa chegada, se preocupam se não estamos bem, nos salvam do perigo, nos defendem a qualquer custo. Mais que uma amizade, esta relação é um amor incondicional!

20 de julho – DIA DO AMIGO

Dia 20 foi Dia do Amigo. Dizem que quem tem um amigo, tem tudo, então eu tenho tudo viu, porque não me faltam amigos, por onde vou, faço amizades, não estou dizendo que tenho facilidade em conhecer pessoas, estou falando de amigo mesmo, de verdade, daqueles que pode demorar o tempo que for quando nos reencontramos a energia é a mesma, daqueles com quem temos papos que vão além do trivial. Tenho amigos de infância da época da escola, dos meus tempos no interior, das faculdades que cursei, dos lugares onde ja trabalhei, das viagens que fiz por aí…

É por estas e outras que digo e repito que sou muito feliz, estas pessoas tornam meus dias melhores, tornam tudo mais fácil, realmente amigo é a família que escolhemos e eu sou tão felizarda que da minha família saíram meus melhores amigos e não é demagogia.

Encontros e Despedidas

Tenho só (ou já é muito?) 25 anos e tantas pessoas passaram pela minha vida, umas vêm e vão, outras nunca mais vi… Algumas a tecnologia deu uma forcinha para reencontrar, seja via MSN ou orkut, pude rever, nem que seja por foto MUITA gente.

Como os mais chegados já sabem, estou mudando de emprego, o que para alguns significa um novo desafio profissional e só, prá mim tem um algo a mais, já me despedi de tanta gente da agência, agora chegou a minha vez e para os que especiais, aqueles que gosto demais e que ficam eu desejaria muuuuuuuuuito não perder contato, pode ser que sim, pode ser que não, só o tempo dirá…

Para a Thaís desejo muita sorte, nem sei se é preciso, ela mal chegou e já pegou o jeito, já conquistou todo mundo e é muito profissional, tenho certeza que vai brilhar ainda mais como jornalista… Enfim, todos que de alguma forma foram mais próximos, só um pedido: não sumam! Porque eu vou tentar fazer o mesmo.

Uma música do Milton Nascimento que tem tudo a ver com o momento…

Encontros e Despedidas

Mande notícias do mundo de lá
Diz quem fica
Me dê um abraço, venha me apertar
Tô chegando
Coisa que gosto é poder partir
Sem ter planos
Melhor ainda é poder voltar
Quando quero

Todos os dias é um vai-e-vem
A vida se repete na estação
Tem gente que chega pra ficar
Tem gente que vai pra nunca mais
Tem gente que vem e quer voltar
Tem gente que vai e quer ficar
Tem gente que veio só olhar
Tem gente a sorrir e a chorar
E assim, chegar e partir

São só dois lados
Da mesma viagem
O trem que chega
É o mesmo trem da partida
A hora do encontro
É também despedida
A plataforma dessa estação
É a vida desse meu lugar
É a vida desse meu lugar
É a vida