Nem tudo é lindo em Paris

Será que eu me identifiquei com as fotos que peguei do blog Conexão Paris (recomendado ao lado) ou não?

metro

metro1

metro4

Imagina uma pessoa com a ilusão de guardar sua grande mala de rodinhas em um locker (armário) do aeroporto (ilusão pq eles não existem mais após o episódio de 11 de setembro) que compra uma mochilona, porque teoricamente iria começar um mochilão.

A teoria acaba quando a tal pessoa (esta jornalista que vos escreve) tem que achar meios de carregar sua grande mala que nesta hora parecia muito mais enorme do que realmente era e seu mochilão, pelas ruas da bela Paris em uma segunda-feira nada romântica, MUITO chuvosa… E para completar o metrô que não tem escadas rolantes e sim ENOOOORMES escadas (como você pode ver na foto)!!! Não sabia se eu ria, se chorava, se pensava em como subir ou descer com toda a bagagem diante daquela estação de metrô MUITO subterrânea (muito pelo meu gosto).

Até que em um ímpeto de não passar por mais perrengues (já tinha carregado toda a minha muamba pelo trem da Itália, subido e descido escada de albergue, enfim…) decidi pegar um táxi, detalhe: o taxista só falava francês e eu Bon jour, merci e olhe lá. Foi hilário, cômico se não fosse trágico e o pior: ele era falante e queria conversar (ele não tinha entendido que eu não parlè français de jeito nenhum).

Sei que com uma mistura de italiano, espanhol, português e o francês que ele dizia e sei lá como eu entendia conseguimos falar sobre a chuva “plu”, sobre uma viagem que ele fez a Veneza e sobre o trânsito de Paris (que não chega nem aos pés do de São Paulo). Eu não sei se ele entendeu tudo isso da nossa conversa, na verdade ele achava que eu era italiana, porque Brasil para ele não queria dizer nada (nem futebol, Ronaldinho, mulher bonita e pelada, NADA). rs

Agora olhem novamente para as fotos, vocês vão conseguir imaginar um pouquinho do sufoco que eu passei. Em um país que água chama eau e se pronuncia “ã” eu não duvido mais nada…

Ferrari e Maserati passeiam por rotas da França e Itália

De 19 a 21 de setembro, entre Megève e Mônaco, acontecerá um prestigiado passeio reservado aos proprietários dos carros Ferrari e Maserati.

O evento organizado pela Red Cars Racing tem como objetivo percorrer as estradas e os roteiros gastronômicos das regiões, levando muito luxo às ruas das cidades.

O encontro começará na “Place de l’Eglise de Megève” (Praça da Igreja de Megève). De lá irão em direção ao Lago de Annecy, onde no Auberge du Père Bise (Castelo) acontecerá o almoço. À noite eles regressam ao ponto de partida, passando por longas rotas charmosas até chegar ao hotel Mont-Blanc.

A segunda etapa vai levar até Pollenzo, na Itália, com a passagem por “Colde l’Iseran”, que garante exepcionais vistas, onde haverá um coquetel pela Moët & Chandon e em seguida, um jantar no restaurante Guido.

Ao final está prevista uma exposição dos carros participantes que ficarão estacionados na Place du Casino até o final do dia.

Fonte: Webluxo